Espanhóis gastaram mais em moda em 2023

Cada espanhol gastou, em média, mais de 530 euros em vestuário e calçado no ano passado, mais de 30 euros acima do que a média de 2022, sendo a primeira vez, desde 2018, que os gastos nesta categoria de produto aumentaram.

[©Pixabay-Nikolaus Bader]

Em 2023, o gasto médio em moda por pessoa em Espanha voltou a superar a barreira dos 500 euros, situando-se em 530,72 euros. Este valor representa um aumento de 32,13 euros em comparação com o ano anterior, segundo o último estudo Encuesta de Presupuestos Familiares do Instituto Nacional de Estadística (INE). Pela primeira vez desde 2018, a moda recuperou a sua quota no orçamento dos espanhóis, com o vestuário e o calçado a representarem 4,05% do total das despesas, em comparação com 3,9% em 2022.

Segundo a Modaes, este aumento quebra uma tendência decrescente que se verificava há sete anos. Entre 2018 e 2019, a quota do orçamento destinada à moda diminuiu de 4,9% para 4,69% e continuou a baixar nos anos seguintes, atingindo 3,74% em 2020. Após um ligeiro aumento para 3,95% em 2021, devido ao fim da pandemia, voltou a contrair em 2022.

Embora o gasto médio ainda não tenha atingido os 569,55 euros registados em 2019, antes da pandemia, a moda foi a segunda categoria de despesa que mais cresceu em 2023. Nos últimos anos, o consumo de vestuário e calçado variou entre um mínimo histórico de 405,48 euros por pessoa em 2020 e 498,59 euros em 2022.

A maior parte do orçamento dos espanhóis para moda foi dedicada ao vestuário, com um gasto médio de 401,4 euros, enquanto os restantes 128,5 euros foram destinados ao calçado. Em relação ao ano anterior, o consumo de roupa aumentou 21,9 euros, enquanto o de calçado cresceu 8,4 euros.

Por regiões, Ceuta lidera o ranking, com um gasto médio de 849,73 euros por pessoa em vestuário e calçado, seguida pelas Ilhas Baleares, com 708,42 euros, e La Rioja, com 653,15 euros. Na parte inferior do ranking estão as Canárias, Castela e Leão e Múrcia, com um consumo médio de 443,1 euros, 444,7 euros e 483,4 euros, respetivamente.

As mulheres gastaram em média 583,7 euros em moda em 2023, um aumento de 6,5% em relação ao ano anterior, enquanto os homens gastaram 507,6 euros, mais 6,6%. A diferença no valor entre mulheres e homens subiu ligeiramente, de 72 euros em 2022 para 76,12 euros em 2023.