Empresas de vestuário atravessam tempos difíceis

Segundo uma sondagem apresentada na passada terça-feira, a indústria manufactureira do Reino Unido está com problemas, com a maioria das empresas de vestuário a terem uma performance negativa nos últimos três anos. De acordo com o estudo, 22 dos 100 produtores de vestuário líderes de mercado estão actualmente a perder dinheiro e 17 dos maiores protagonistas da indústria estão a caminhar para o pior se continuarem a “perseguir mais quotas de mercado e lucro”. O relatório adianta que as vendas e a procura por uma maior capacidade que não existe, deixou muitas das empresas num estado lastimável, com mais de metade a conseguirem menos dinheiro, acarretando mais dívidas e empregando menos funcionários. David Pattison, analista sénior na Plimsoll Publishing, empresa responsável pela sondagem, adiantou que espera que as aquisições façam parte de uma consolidação da indústria. “Simplesmente não existe espaço suficiente para todas estas empresas respirarem”, explica o analista. “Identificamos já 25 empresas que poderão vir a ser adquiridas por um concorrente agressivo”, adiantou Pattison.