EFIMA expande salões femininos de Milão

A EFIMA, associação italiana que tem a seu cargo a organização e promoção dos salões de moda e vestuário de Milão, em Itália, tem um novo presidente, Luigi Ciocca. Este industrial do calçado, eleito para suceder a Vittorio Giulini (que é também o presidente do SMI – Sistema Moda Italia, associação que agrupa os industriais do vestuário, malhas e lanifícios), é igualmente presidente do comité organizador do Fast, salão internacional de calçado, que ocorre em Verona em cada quatro anos. A EFIMA é responsável pela Moda Prima, salão de vestuário e acessórios dedicado à grande distribuição; a Momi, salão de pronto-a-vestir feminino; e a Sposa Italia, salão para noivas e casamento. Segundo o novo presidente da EFIMA, a intenção desta entidade é «organizar e promover salões de dimensão verdadeiramente mundial, tentando reproduzir em Milão o sucesso da Pitti Uomo, que tem lugar em Florença». Este novo responsável pretende também lançar novas fórmulas para os salões que têm lugar em Milão. Entre as inovações propostas por Luigi Ciocca contam-se as mostras itinerantes viradas para os pequenos nichos de mercado, e que são promovidas nos grandes hotéis da Europa. Uma primeira mostra deste género teve já lugar em Abril, com a presença em Londres de uma pequena delegação de fabricantes de lingerie. A etapa seguinte deste processo de relançamento da EFIMA será a próxima edição da Moda Prima, que decorrerá entre 2 e 4 de Junho, em Milão, e na qual serão apresentadas as colecções para a Primavera-Verão 2003.