Desejos para 2009

2009 aproxima-se a passos largos e, aqui na redacção, decidimos não fugir à tradição. Por isso, pegamos nas nossas passas antecipadamente e começÁmos a formular os desejos para 2009. Imbuídos de um espírito optimista, fizemos a lista das notícias que gostaríamos de dar jÁ a partir de manhã, fazendo figas (apesar de dificultar o ritual das passas) para que se transformem em realidade: 1 – Exportações de têxteis e vestuÁrio em Portugal voltam ao terreno positivo e sobem 12% nos 12 meses de 2009. 2 – Feiras internacionais jÁ não dispensam empresas nacionais. Expositores portugueses são os que atraem mais visitantes. 3 – Consumidores portugueses cansados de produtos estrangeiros reconhecem qualidade dos têxteis e vestuÁrio nacionais e dedicam maior parte do seu orçamento a comprar artigos “made in Portugal”. 4 – Investigador português revoluciona o sector com a invenção de uma nanotecnologia que evita o desperdício na ITV. 5 – Pólo da Competitividade Moda atrai as atenções mundiais e dinamiza a industrial têxtil e de vestuÁrio nacional. 6 – 33ª edição do Modtissimo arrasta mais de 20.000 compradores estrangeiros à Alfândega do Porto completamente rendidos à oferta dos 1.000 expositores presentes. 7 – Marcas nacionais continuam a expandir-se lÁ fora e são jÁ das mais reconhecidas internacionalmente. 8 – Aposta na qualidade do private label português dÁ frutos: principais marcas mundiais fazem fila para produzir em Portugal. 9 – Empresas portuguesas destacam-se nos têxteis técnicos – a taxa de exportação nacional deste tipo de produtos atinge os 10% no final de 2009. 10 – O kaiser da moda foi deposto – leia-se Karl Lagarfeld – e o novo director criativo da Chanel é português, nascido e formado aqui. 11 – Universidades e escolas profissionais nacionais da fileira têxtil e vestuÁrio são as mais procuradas a nível mundial. 12 – Portugal Fashion e Moda Lisboa, sob a égide da Semana da Moda Portuguesa, tornam-se indispensÁveis na rota mundial da moda, lado a lado com Paris, Milão e Nova Iorque. Tudo isto englobado num desejo ainda maior: que o Portugal Têxtil e o Jornal Têxtil continuem a fazer parte do seu dia-a-dia, revelando-lhe as melhores estratégias, inovações, tecnologias e prÁticas de gestão para fazer da sua empresa uma vencedora no xadrez têxtil mundial. Tenha umas boas entradas em 2009 e um ano cheio de boas notícias. E que sejamos nós a dar-lhas jÁ a partir de 5 de Janeiro.