descoberta de novos mundos

Como em todos os anos a Heimtextil, a marca mais forte da Messe Frankfurt em feiras de têxteis, tem quase todo o espaço reservado e conta com uma forte participação de empresas portuguesas. Até ao momento, estão inscritas 70 empresas portuguesas na Heimtextil 2008, que decorrerá de 9 a 12 de Janeiro em Frankfurt. No mês de Fevereiro, a Ambiente volta a acolher mais de 70 empresas portuguesas da fileira casa que apresentam as mais recentes novidades para o lar. A feira direccionada para decoração de interiores e de ambientes tornou-se numa referência para o sector. Mas a grande aposta da fileira casa para o ano de 2008 é a junção das feiras Tendence Autumn+Winter e Collectione Preview Spring+Summer, que passam a realizar-se na primeira semana de Julho sob a designação “Frankfurt 4 All Seasons”. Este evento remete para o facto dos visitantes poderem encontrar num único espaço artigos para as quatro estações do ano, num timing considerado ideal por todos. Para o próximo ano, as empresas vão poder continuar a apostar nos mercados emergentes através das feiras da Messe Frankfurt, como é o caso da China que tem sido um país de referência para o investimento nacional. A prová-lo, a forte presença portuguesa nas últimas edições da Intertextile Shanghai Apparel Fabrics e Intertextile Shanghai Home Textiles, bem como o interesse suscitado pela primeira edição da Interior Lifestyle China, onde Portugal tem uma excelente oportunidade para afirmar as suas marcas de têxteis-lar. Também a Rússia têm suscitado o interesse das empresas portuguesas de têxteis-lar. Este mercado em franca expansão levou a que a AEP organizasse uma missão portuguesa à Heimtextil Rússia em 2006 e 2007, que terminaram com um saldo muito positivo, prevendo-se assim uma participação para 2008. Nos Estados Unidos da América, os têxteis técnicos nacionais querem voltar a dar cartas na Techtextil North America, que se realiza de 1 a 3 de Abril de 2008. «Nas feiras da Messe Frankfurt, todas as empresas podem encontrar clientes, fornecedores, compradores, as tendências para as próximas estações e, sobretudo, realizar bons negócios», conclui Cristina Motta, representante do gigante alemão em Portugal.