Congresso americano acaba com subsídios ao algodão em Agosto

O Congresso americano concordou emacabar com a maior partedas subvençõesà indústria exportadora de algodão, cumprindo uma promessa feita em Dezembro à OMC – World Trade Organization (Organização Mundial do Comércio). Adecisão anunciadasignifica que, a partir do dia 1 de Agosto de 2006, os produtores e exportadores dos Estados Unidos não vão mais receber incentivos para comprar algodão a preços elevados aos agricultores nacionais. O Brasil, que apresentou o caso à OMC, afirmou que o Governo ao ajudar os agricultores de algodão americanos, desequilibrava o mercado global.O sistema foi particularmente prejudicial à produção de algodão das nações da África Ocidental, cujas exportações foramprejudicadas pela queda dos preços mundiais.