Camisas de algodão portuguesas: sucesso em Espanha

A Espanha importou, em 2001, cerca de 172 milhões de euros de camisas de algodão, de uso masculino resultado dum acréscimo de 8,9% face ao ano anterior. O preço médio das importações espanholas desta categoria, fixou-se, em 2001, em €8,78 por unidade, enquanto que em 2000 atingia €8,69 por unidade. Portugal é o segundo maior fornecedor deste mercado, tendo exportado em 2001, 22 milhões de euros, a que corresponde um peso relativo de 12,8% das importações espanholas deste tipo de artigos. As exportações portuguesas ultrapassaram o ritmo de crescimento das importações espanholas, levando a um aumento da sua quota de mercado. A Itália e China apresentam uma importância relativa elevada nas importações espanholas de camisas de algodão de uso masculino, com realce para a crescente supremacia detida pelo país europeu, já que a quota detida em 2001 é cerca de 0,8 p.p. superior à evidenciada no ano anterior Os três principais fornecedores representam 36,7% das importações totais de Espanha. Mais informações podem ser obtidas efectuando o download de mais uma ficha de mercado, elaborada pelo Observatório Têxtil.