Calvin Klein ‘ataca’ Europa

O designer americano Calvin Klein tenciona conseguir um crescimento de grande amplitude na Europa. A inauguração da sua principal loja em Paris marca o início de uma nova estratégia para este continente. A estratégia que visa, entre outros factores, a expansão do negócio de venda por grosso assim como a sua rede de lojas próprias. Londres e Milão são as prioridades para as próximas localizações das novas lojas. “Há definitivamente espaço para mais do que uma loja Calvin Klein em Paris”, afirmou o designer. Actualmente, a Calvin Klein possui 12 lojas em Barcelona, Bilbao, Bolonha, Catania, Hamburgo, Kent, Londres, Madrid, Milão, Moscovo, Paris e Turim. A Calvin Klein Inc. está a tentar desenvolver, produzir e distribuir a sua colecção de homem e senhora através das licenças europeias. A empresa planeia “expandir significativamente” a sua presença na Europa e no Médio Oriente ao mesmo tempo. Em 2001, a linha de homem e senhora, acessórios e têxteis-lar, registou aproximadamente um volume de negócios anual de 173,6 milhões de euros para a Calvin Klein Internacional. O elevado volume de negócios contou principalmente com os bons resultados das licenças.