Calendário de Inverno

Enquanto alguns dos desfiles internacionais ainda não começaram – como é o caso da Semana de Moda de Nova Iorque, Milão ou Londres que se realizam em Setembro, e de Paris, que terá lugar em Outubro –, no Brasil estão já definidas as datas dos dois grandes eventos de moda do país, que terão a responsabilidade de abrir a temporada de desfiles de lançamento das colecções para o Outono/Inverno 2010. A 16ª edição do Fashion Rio abre as portas de 8 a 13 de Janeiro de 2010, no Píer Mauá, zona portuária da cidade do Rio de Janeiro. A anterior edição do evento, referente à Primavera-Verão 2009/2010, tinha já sido realizada no referido local, após várias edições do certame na Marina da Glória. Por outro lado, o São Paulo Fashion Week, que chega à sua 28ª edição, decorrerá de 17 a 22 de Janeiro, também do próximo ano. Este certame terá lugar na Bienal do Ibirapuera, na cidade de São Paulo. Aquele que anteriormente era um evento de três desfiles em três noites, na remota época de 1994, então chamado Phytoervas Fashion, cresceu dos 300 mil reais em investimentos para 6 milhões de reais, 40 desfiles e seis dias. Paulo Borges, o mentor do projecto, sempre fez planos a longo prazo e se a primeira década do São Paulo Fashion Week tinha como objectivo a construção de um calendário de moda e a profissionalização do sector, a segunda e actual etapa é a concentração na qualidade da criação, do produto final e do investimento. «A terceira etapa será a distribuição, e a consolidação disso tudo», afirma Borges, citando o ano de 2016, como o mais importante para a moda brasileira, porque «estará preparada para conquistar o Mundo». Paulo Borges continua à frente de ambos os eventos depois de, na edição passada, ter sido nomeado director-geral do Fashion Rio. O anúncio foi feito numa conferência de imprensa no Rio de Janeiro, com a participação de Borges e da FIRJAN (Federação das Indústrias do Estado do Rio de Janeiro). «A ideia é criar uma plataforma unificada e que um evento complemente o outro», afirmou na altura Gustavo Bernhoeft, director-geral da Luminosidade, a empresa que gere os dois eventos de moda brasileiros.