Calçado de desporto em alta

As vendas de comércio eletrónico representam agora 18% do total do mercado de calçado, no valor de 28 mil milhões de dólares no período em análise, significando um salto de 5% em relação a igual período do ano passado. As vendas on-line também superaram o ritmo de crescimento no comércio convencional com uma subida de 17% no ano, em comparação com um declínio de 2% para o comércio tradicional no período correspondente. «O comércio on-line oferece a capacidade de encontrar o produto que deseja ao melhor valor, mas também oferece a mais ampla variedade de calçado desportivo, enquanto as lojas tradicionais têm o espaço limitado», afirmou Marshal Cohen, analista-chefe do NPD Group. «Os consumidores estão claramente a procurar esta maior variedade on-line e alguns retalhistas estão a trabalhar arduamente para maximizar o espaço de forma a incluir o maior número de ofertas de estilo possível»,explicou. Os consumidores do sexo feminino de calçado desportivo on-line representaram 54% e os homens 46%. Em comparação com as vendas de calçado desportivo nas lojas convencionais, a representatividade dos compradores do sexo feminino é um pouco maior, com 57%, e o masculino 43%, sugerindo que os homens compram relativamente mais calçado de desporto on-line. Além disso, 37% do calçado de desporto comprado on-line foi destinado a ser efetivamente utilizado para desporto, enquanto a mesma medida é de apenas 30% para as compras na loja. «Os consumidores que compram on-line estão mais preocupados com o estilo, o preço e a marca, enquanto os consumidores que efetuam compras em loja concentram-se mais no conforto, preocupando-se menos com o estilo e a marca. Surpreendentemente, os homens são mais superficiais do que as mulheres em relação ao calçado desportivo que compram», acrescentou Cohen. O preço de venda continua a ser uma das principais razões pelas quais os consumidores realizam compras on-line de calçado desportivo, com 53% comprado on-line e 47% em loja. No entanto, o preço médio de venda on-line tem sido consistentemente superior ao das lojas convencionais. O preço médio de venda de calçado desportivo on-line no período de abril de 2012 a maio de 2013 foi de 54,63 dólares, em comparação com o preço médio de venda de 42,16 dólares para as vendas feitas nas lojas. «As vendas de desporto têm crescido mais rapidamente on-line do que outras categorias, incluindo vestuário, calçado de moda e acessórios de moda», apontou Cohen. «O consumidor on-line é diferente, especialmente quando se trata da compra de calçado de desporto. Os clientes da loja on-line procuram melhores ofertas, mas estão dispostos a adquirir produtos mais caros», concluiu.