Burberry retira-se do El Corte Inglès

A empresa de moda britânica Burberry anunciou que irá retirar dos centros do El Corte Inglès todos os seus artigos da colecção feminina, com a intenção de centrar o volume de negócio das suas lojas. O motivo argumentado pela empresa é que se obtêm mais lucros por artigo vendido nas suas próprias lojas do que através dos distribuidores multimarca. O lucro que o grupo inglês desenvolveu nas suas lojas aumentou 27 por cento na segunda metade do exercício passado, enquanto que as vendas de artigos distribuídos através de grandes armazéns, como o El Corte Inglès, desceram à volta de 12 por cento. Em Espanha, o volume de negócios da venda em grandes superfícies desceu cerca de sete por cento nos últimos seis meses, o que fez a Burberry repensar a sua estratégia no mercado espanhol. De referir também que as vendas da Burberry em Espanha se situaram nos 156 milhões de libras, o que supõe uma queda de oito por cento. A empresa atribui a queda à mudança de modelo de negócio no mercado de distribuição espanhol. A empresa obteve receitas no exercício de 753 milhões de libras em todo o mundo, ou seja, mais cinco por cento.O crescimento do grupo no último trimestre acelerou até aos seis por cento, graças à venda das carteiras Margaret e relógios Waterloo.