Breves

  1. Portugal no top 10 do GOTS
  2. Nuno Gama junta-se à WestMister
  3. Richemont vende Lancel
  4. Proteção de dados é chave para o sucesso
  5. Selena e Coach lançam coleção
  6. Miguel Vieira é a personalidade do ano na moda

1. Portugal no top 10 do GOTS

O número de unidades têxteis certificadas pelo GOTS (Global Organic Textile Standard) ultrapassa já as 5.000, segundo revela a organização em comunicado, o que representa um aumento de 8,2% face a 2017. As fábricas analisadas estão localizadas em 62 países por todo o mundo. A certificação GOTS cobre o processamento de fibras orgânicas em toda a cadeia de produção, desde a colheita até ao produto final. O objetivo é implementar um método normalizado que assegure que os têxteis são orgânicos em todas as fases da produção, assim como socialmente responsáveis. Entre os países que mais cresceu no número de certificações está Portugal, com um aumento de 39%, ficando só atrás do Bangladesh e da América do Norte. Os 10 países com mais certificações são a Índia (1.658), Bangladesh (534), Alemanha (480), Turquia (445), Itália (307), China (292), Paquistão (194), Portugal (180), EUA (99) e Coreia do Sul (69).

2. Nuno Gama junta-se à WestMister

O designer Nuno Gama e a marca WestMister apresentaram uma parceria na ModaLisboa, neste último fim de semana. «De modo a reforçar o seu posicionamento no mercado como uma das mais arrojadas e distintas marcas de meias masculinas nacionais, a WestMister desafiou uma das principais referências nacionais no panorama da moda masculina, o designer Nuno Gama, para a criação de uma coleção cápsula», referem os dois parceiros em comunicado. Esta iniciativa representa «um desafio novo para a marca», no qual «foram desenvolvidos 6 modelos, com variantes de cores, pensados ao ínfimo detalhe», segundo o mesmo documento. «A primeira parceria da marca WestMister, e a mais recente do designer Nuno Gama, será comercializada durante a próxima estação de FW18, na Maison Nuno Gama e nos pontos de venda habituais da WestMister», revelam os dois parceiros.

3. Richemont vende Lancel

A italiana Piquadro está em negociações com o grupo de luxo Richemont, tendo em vista uma potencial aquisição da marca francesa Lancel, de produtos em couro. A empresa italiana espera que esta compra esteja finalizada na primeira metade de 2018, se o resultado do processo de “due diligence” for positivo e se as duas empresas chegarem a um acordo final. A aquisição da Lancel, que foi alvo de uma reestruturação nos últimos anos, será outro passo nos planos de expansão da Piquadro, que começaram com a compra da também italiana The Bridge, no final de 2016, sendo que esta marca também atua na área da produção de artigos de couro. A Piquadro especializou-se na área das malas e acessórios, mais voltados para o trabalho. Deste modo, os seus artigos incorporam um design que privilegia a performance.

4. Proteção de dados é chave para o sucesso

A proteção de dados será uma chave para o retalho em 2018, de acordo com as previsões de um novo relatório da GlobalData. Por consequência, a capacidade de manter os dados seguros será vista como uma mais-valia para as empresas. O relatório aponta para várias soluções digitais que conduzem a uma maior personalização e uma experiência mais fácil quando se chega à altura de efetuar a compra, não só em plataformas online, mas também nas lojas físicas. Em cima da mesa estão ferramentas interativas baseadas em realidade aumentada e nos últimos métodos de pagamento. Melhorar as entregas também é uma prioridade para as empresas e isso pode ser conseguido com uma personalização crescente. Este método pode ajudar a impulsionar as vendas, captar mais clientes e aumentar a fidelização, porque os produtos serão mais direcionados ao que o consumidor pretende.

5. Selena e Coach lançam coleção

A americana Selena Gomez está a trabalhar numa coleção de pronto-a-vestir com a marca Coach, reforçando assim a parceria que já tem vindo a explorar com o grupo. Esta iniciativa tem como objetivo desenvolver não só vestuário, mas também malas e acessórios e os artigos foram desenvolvidos em colaboração com o diretor criativo da Coach, Stuart Vevers, mas inspirados no estilo pessoal da artista. A coleção deverá ser lançada no outono e é a segunda vez que Selena Gomez empresta o seu nome ao grupo. Em setembro, foi lançada uma mala com o nome da atriz e cantora, bem como uma série de artigos em couro. Vevers referiu, citado num comunicado, que «queríamos trazer novas ideias para a mesa» e que isso foi um motivo forte para avançar com a parceria, na área dos acessórios e roupa. Mais detalhes sobre a coleção serão revelados proximamente. Selena tem estado também associada à marca Puma.

6. Miguel Vieira é a personalidade do ano na moda

Miguel Vieira foi escolhido como personalidade do ano na moda pela revista Lux. Em comunicado, o designer deu conta da distinção, para «no âmbito dos prémios Personalidades Masculinas Lux/Seat 2017, que visam celebrar o talento, profissionalismo e a dedicação dos homens portugueses». O galardão «destaca os 30 anos de carreira de Miguel Vieira, cujas celebrações tiveram início em Milão, em junho de 2017, com o desfile de apresentação da coleção 30th Miguel Vieira Private Collection, com propostas para o verão de 2018», refere o mesmo documento. Miguel Vieira tem apresentado «propostas de vestuário e calçado masculino e feminino, que se combinam com vestuário infantil, eyewear e peças de decoração». O criador de moda promete continuar «virado para o futuro nas próximas décadas».