Bons lençóis

Durante o ano de 2003 a Finlândia importou 73.942 mil euros de têxteis-lar (1) totalizando um volume de 8,9 mil toneladas. Este valor corresponde a um crescimento de 9,4% face a 2002 e a um crescimento médio anual de 10,1% desde a entrada finlandesa para a Comunidade Europeia em 1995.

O preço médio de importação desta categoria de produtos foi de 8,25 euros por kg tendo registado uma ligeira queda face ao ano transacto (-3,5%).

Os principais fornecedores são a Suécia, a Estónia e Portugal com quotas de, respectivamente 22,4%, 14,3% e 14,1%. Estes três fornecedores abastecem 50,7% das importações totais finlandesas.

A Suécia tem conquistado quota de mercado uma vez que as importações com origem na Suécia cresceram a uma taxa média anual de 28,6% entre 1995 e 2003 (muito superior à taxa de crescimento média das importações finlandesas).

Portugal tem também uma posição relevante neste mercado com as importações do mercado nacional a ascenderem a 10.392 mil euros mais 15,0% que em 2002. Desde a entrada da Finlândia para a U.E. que as importações originárias de Portugal aumentaram 25,9% resultando numa taxa de crescimento média anual de 3,3%.

Comparando esta taxa com a taxa de crescimento média das importações finlandesas concluímos que Portugal tem perdido peso neste mercado passando de uma quota de 21,9% em 1995 para uma quota de 14,1% em 2003.

Esta informação é apresentada emficha informativa, disponível no PortugalTextil.com

(1)  Foram considerados os produtos da Nomenclatura Combinada 6301 a 6304