Blossom Première Vision supera expectativas

Nos dias 4 e 5 de julho, a Blossom Première Vision regressou ao Palais Brongniart, em Paris, para dar continuidade ao seu impulso positivo no segmento do luxo. A edição recebeu 1.058 visitantes, em busca das mais recentes inovações em tecidos e cores para desenvolverem as suas pré-coleções.

Naquela que foi a sua 3.ª edição, de acordo com a organização, o número de visitantes do salão cresceu 23% (face aos 861 visitantes de julho de 2016) e reuniu as principais casas de moda francesas (80% dos visitantes), além de ter sentido um crescimento na presença de marcas internacionais líderes (20%).

Depois de França, Itália teve o 2.º maior número de visitantes, com um aumento de 3,5% em relação a julho de 2016. Em terceiro lugar surgem os visitantes do Reino Unido, mercado que também apresentou um forte crescimento (+26%), enquanto os EUA (4.º) e a Bélgica (5.º) mostraram uma presença estável, mas significativa.

À altura do desafio

A «Blossom Première Vision esteve à altura do desafio. Os nossos expositores estão mais do que satisfeitos com esta edição. Foram capazes de se encontrar com os seus clientes-chave numa atmosfera de trabalho, mas amigável. A feira faz agora parte do calendário das principais casas de moda», revelou o diretor da Blossom Première Vision, Guglielmo Olearo, reconhecendo que, atualmente, «uma pré-coleção pode representar até 60% do volume de negócios da estação». «São de grande importância para as marcas de luxo, às quais a Blossom Première Vision respondeu com esta oferta personalizada, num período complementar aos salões da Première Vision Paris», sublinhou.

Apresentado pelo grupo Première Vision, o salão de tecidos dedicado às pré-coleções é hoje parte de uma dinâmica positiva, confirmando a sua legitimidade tanto em termos de oferta como de calendário.

A Blossom Première Vision recebeu 90 expositores – entre empresas de tecelagem, empresas de curtumes e fabricantes de acessórios.

Os participantes anteciparam as coleções de tecidos, peles e acessórios para o outono-inverno 2018/2019. A oferta desta edição da Blossom Première Vision foi reforçada com 24 novas empresas, divididas pelos diferentes segmentos.

Inducol, Indutan e Riopele representaram o savoir-faire nacional no salão parisiense.

As primeiras inspirações e orientações para o outono-inverno 2018/2019; uma colaboração com o Festival ASVOFF – A Shaded View on Fashion Film; um atelier de tecelagem especial da Malhia Kent e, claro, a cultura, a moda e a troca de experiências marcaram encontro na 3.ª edição da Blossom Première Vision.