Better Cotton procura expansão no Chade

A BCI iniciou conversações com atores da cadeia de produção de algodão do Chade para o lançamento de um novo programa de cultivo sustentável no país, onde antecipa oportunidades.

[©Better Cotton-Morgan Ferrar]

Representantes da Better Cotton Initiative (BCI) e da sua parceira estratégica Sustainable Trade Initiative (IDH) estão em negociações com a Cotontchad, a entidade agregadora e exportadora de algodão deste país no norte de África, assim como com representantes do governo, dos agricultores e outras organizações.

A Cotontchad apoia cerca de 200 mil pequenos agricultores no país, que graças a ajuda financeira e alocação de recursos, conseguiram aumentar a produção de 17.500 toneladas em 2019 para mais de 142 mil toneladas em 2022.

«Estamos empenhados em desenvolver credenciais sustentáveis no algodão do Chade e estamos alinhados com os objetivos da Better Cotton», afirma Oliver Renson, CEO da Cotontchad. A reunião entre as diferentes entidades, que teve lugar na semana passada, «ajudou a estabelecer os próximos passos necessários para criar o ambiente certo para continuar a apoiar as comunidades de cultivo de algodão do país», acrescenta.

[©Better Cotton-Lisa Barratt]
«Reuniões como esta são fundamentais para o sucesso das nossas operações. Não só nos ajudam a criar e reforçar parcerias dentro do sector e não só, como também nos ajudam a aprender com organizações que pensam de forma semelhante que partilham o nosso compromisso de apoiar as comunidades agrícolas», destaca Alan McClay, CEO da Better Cotton.

A BCI promove a utilização de práticas de cultivo mais amigas do ambiente com o objetivo de minimizar o impacto da produção de algodão. A iniciativa também procura melhorar a vida e condições de trabalho dos agricultores e trabalhadores da indústria algodoeira, incluindo práticas de trabalho justas, acesso a educação e cuidados de saúde.

Para isso, criou um sistema de critérios que os agricultores têm de cumprir para se qualificarem para a certificação Better Cotton, recebendo formação para isso e sendo auditados para assegurar o cumprimento dos padrões.

A reunião no Chade surge pouco depois do lançamento de um programa Better Cotton na África Ocidental, que inclui o compromisso de apoiar 200 mil pequenos agricultores na Costa do Marfim nos primeiros cinco anos, assim como em Espanha.