Alemanha é a principal fornecedora de Lã

Portugal importou, em 2001, cerca de 53,3 milhões de euros de produtos que integram a categoria de Lã, pelos finos ou grosseiros, cardados ou penteados, superior em 3,5% face ao ano anterior. A Alemanha é o principal fornecedor do mercado nacional, tendo exportado para Portugal 30,8 milhões de euros, a que corresponde um peso relativo de 57,9% das importações portuguesas deste tipo de artigos. As importações oriundas da Alemanha decresceram 0,7% entre 2000 e 2001, implicando uma ligeira perda de quota (-2,4 p.p.). É notória uma elevada concentração nos dois principais abastecedores do mercado nacional (Alemanha e França), já que representam 84,1% das transferências para Portugal. As importações nacionais têm crescido desde 1995, exceptuando o ano de 1999, período no qual decresceu 18,6%. Contudo, entre 1995 e 2001 o crescimento das importações foi de 16,7%. A importância da categoria de Lã, pelos finos ou grosseiros, cardados ou penteados (Nomenclatura Combinada – 5105) é atestada pelo facto de representar 26,5% das importações de Lã (Nomenclatura Combinada 51). A Categoria em análise e a dos Tecidos de lã penteada , detêm a preponderância das importações nacionais de artigos de Lã, com estas duas a corresponderem, em termos acumulados, a aproximadamente 2/3 do total.

A ficha sobre o mercado português de lã pode ser obtida clicando aqui .